57ª Assembleia: Dom Walmor é eleito novo presidente da CNBB

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Arcebispo mineiro ficará à frente da CNBB pelos próximos quatro anos

APARECIDA (AP) | Canção Nova | Atualizado em 06.05.2019 – as 19h26

O arcebispo de Belo Horizonte (MG), Dom Walmor de Oliveira Azevedo, acaba de ser eleito o novo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pelo próximo quadriênio, que vai de 2019 a 2023.

O novo presidente foi escolhido pelo episcopado brasileiro que participa, em Aparecida (SP), da 57ª Assembleia Geral da CNBB no terceiro escrutínio, após receber a maioria absoluta de votos do total de 301 bispos votantes.

Como manda o Estatuto da CNBB, o até então presidente cardeal Sergio da Rocha perguntou a dom Walmor se aceita ser presidente. “Aceito com humildade, aceito com temor e aceito à luz da fe”, foram as primeiras palavras que ele dirigiu à plenária da 57ª. Só à luz da fé, segundo dom Walmor, será possível recuperar a força da colegialidade da Igreja no Brasil a partir de uma escuta muito profunda dos irmãos e do povo de Deus. Ele pediu a Deus que não falte sabedoria para assumir este serviço.
O Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte é doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma, Itália) e mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma, Itália). Já foi bispo auxiliar de Salvador (BA), quando fora nomeado pelo Papa João Paulo II. Seis anos mais tarde, em 2004, foi nomeado Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte.

Em fevereiro de 2014, foi nomeado pelo Papa Francisco membro da Congregação para as Igrejas Orientais. Desde 2010, o arcebispo é referencial para os fiéis católicos de Rito Oriental residentes no Brasil e desprovidos de ordinário do próprio rito. Dom Walmor também é membro da Congregação para a Doutrina da Fé, desde 2009. Na CNBB, o arcebispo presidiu a Comissão para a Doutrina da Fé durante os exercícios 2003 a 2007 e de 2007 a 2011.

Por meio do voto, os bispos reunidos ainda elegerão, durante o evento, os vice-presidentes, o secretário-geral, e os presidentes das Comissões Episcopais Pastorais e todos os seus demais representantes junto ao Conselho Episcopal Latino-americano (Celam). Os nomes serão divulgados até o fim da 57ª Assembleia Geral, que será realizada até a próxima sexta-feira, 10.

Jefferson Souza

Jefferson Souza