Rota de peregrinação ligará o Santuário de Aparecida ao Cristo Redentor

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

“Caminhos para o Cristo” terá o trajeto de 485 km

São Paulo – Aparecida (SP) | Gaudium Press | Atualizado em 25.03.2019 – as 14h12

O Padre polonês Cristóvão Sopick é o responsável por um projeto que ligará o Santuário Nacional de Aparecida ao Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. A iniciativa, intitulada ‘Caminhos para Cristo’, será voltada sobretudo aos devotos que procuram uma experiência de Fé através da peregrinação, a pé ou de bicicleta.

Com 485 quilômetros, a nova rota passará pelos mesmos locais do ‘Caminhos de Nossa Senhora’, que liga o Santuário da Divina Misericórdia, no Rio de Janeiro, ao Santuário Nacional de Aparecida.
“Nosso projeto é fazer o caminho de volta, usando a mesma rota, com retorno para o Santuário do Cristo Redentor, no Corcovado. O novo trajeto conta com apoio da Arquidiocese do Rio de Janeiro, da Secretaria de Turismo do Rio e do Governo do Estado”, explicou o Padre Sopick.

O percurso terá uma média de duração de 16 dias aos que optarem em ir a pé e sete dias para os que preferirem ir de bicicleta. Serão organizadas peregrinações guiadas, em quatro etapas de três a quatro dias cada.

A primeira peregrinação pela rota ‘Caminhos para Cristo’ será de bicicleta e está marcada para ser iniciada no dia 6 de abril, saindo do Santuário de Aparecida. A previsão de chegada ao Cristo Redentor é para o dia 13 de abril. Em todos os locais de parada, haverá celebração da Santa Missa, seja numa paróquia ou capela, ou até mesmo de forma campal.

O Padre Sopick acredita que a rota trará desenvolvimento, emprego e movimento turístico religioso aos 21 municípios por onde passará. “Com o apoio e a parceria da Secretaria de Ecoturismo, existe a possibilidade de transformar casarões e fazendas abandonados no caminho em albergues e pontos de acolhimento dos peregrinos e turistas”, destacou.

O Governo do Estado do Rio concederá uma sede em Petrópolis (RJ) para as rotas ‘Caminhos de Nossa Senhora’, ‘Caminhos para Cristo’ e para um Museu da Bicicleta, onde serão expostas bicicletas usadas em peregrinações e romarias feitas em vários países.

Jefferson Souza

Jefferson Souza