Proposta sugere estabelecimento de percurso de investigação em casos de abusos envolvendo bispos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Canais para denúncias poderiam ser criados

Macapá (AP) | Blog, com Agências | Atualizado em 23.02.2019 – as 10h54

Em sua conferência no segundo dia do encontro de proteção dos menores o cardeal arcebispo de Chicago (EUA), Blase Joseph Cupich, apresentou a proposta de fortalecimento da atuação do bispo metropolitano na supervisão dos casos e suspeitas de abuso sexual como forma efetiva de “dar conta” e assumir responsabilidade na resolução dos problemas.

Proposta

Para o cardeal, a criação de organismos intermediários são necessários em vista de agilidade e praticidade das diversas situações. O Metropolita é o bispo que preside uma circunscrição de várias dioceses.

A proposta do cardeal de Chicago, possui três pilares. O estabelecimento de “padrões para investigação dos bispos”, o relato das acusações (depoimentos, documentações) e o as “etapas processuais concretas”.

No esquema de Cupich, primeiro as Conferências Episcopais devem consultar especialistas leigos e reportam as circunstâncias ao metropolitano. Caso fosse este o acuso ou mesmo a função estivesse em vacância, o metropolitano mais próximo ou da região, assumiria o caso.

Para o cardeal, “todos os mecanismos para apresentar uma denúncia de abuso contra um bispo devem ser bem conhecidas dos fiéis”, com caminhos independentes de investigação e uso de canais de comunicação para denúncias como linha telefônica ou portal na internet.

Canais para denúncia

Este canais remeteriam as acusações diretamente ao Nuncio Apostólico local ou ao bispo metropolitano.
O foco da proposta do cardeal é estabelecer o processo principalmente quando estão envolvidos bispos e já corresponde um resposta concreta da Igreja, especialmente com a repercussão de casos ligando a alta hierarquia da Igreja.

Na proposta as denúncias de um crime não pode ser prejudicada por “regras de sigilo ou confidencialidade”. Caberia as Conferências Episcopais “informar os fiéis das acusações contra um bispo”, por exemplo.

Jefferson Souza

Jefferson Souza